segunda-feira, 9 de abril de 2012

Adriano Correia de Oliveira

Adriano Correia de Oliveira: "As Balas"  


No dia em que Adriano Correia de Oliveira completaria 70 anos de idade, se não tivesse partido antes de tempo, o blogue "A Nossa Rádio" presta tributo à memória do grande cantor e compositor, deixando aqui uma das suas mais magistrais (e menos divulgadas) criações: "As Balas", sobre um belo poema de Manuel da Fonseca. Um tocante libelo contra a pulsão de violência e morte de que – infelizmente – a Humanidade não conseguiu ainda libertar-se!


As Balas
Poema: Manuel da Fonseca
Música: Adriano Correia de Oliveira
Intérprete: Adriano Correia de Oliveira* (in LP "Que Nunca Mais", Orfeu, 1975, reed. Movieplay, 1997; "Obra Completa": CD "Adriano Canta Manuel da Fonseca", Movieplay, 1994, 2007) [
http://www.youtube.com/watch?v=8TinawKcBKU]

[instrumental]

Dá o Outono as uvas e o vinho
Dos olivais azeite nos é dado
Dá a cama e a mesa o verde pinho
As balas deram sangue derramado

Dá a chuva o Inverno criador
Às sementes dá sulcos o arado
No lar a lenha em chama dá calor
As balas deram sangue derramado

Dá a Primavera o campo colorido
Glória e coroa do mundo renovado
Aos corações dá o amor renascido
As balas deram sangue derramado

[instrumental]

Dá o sol as searas pelo Verão
O fermento no trigo amassado
No esbraseado forno cresce o pão
As balas deram sangue derramado

Dá cada dia ao homem novo alento
De conquistar o bem que lhe é negado
Dá a conquista um puro sentimento
As balas deram sangue derramado

De meditar, concluir, ir e fazer
Dá sobre o mundo o homem atirado
À paz de um mundo novo de viver
As balas deram sangue derramado

[instrumental]

Dá a certeza, o querer e o construir
O que tanto nos negou o ódio armado
Que a vida construir é destruir
Balas que deram sangue derramado

Essas balas deram sangue derramado
Só roubo e fome e o sangue derramado
Só ruína e peste e o sangue derramado
Só crime e morte e o sangue derramado

[instrumental]

* [Créditos gerais do disco:]
Fausto Bordalo Dias – guitarra acústica, percussão, kazu, coros
Júlio Pereira – guitarra solo, baixo, piano, órgão, bandolim, buzuki, cadeira, coros
Zau e Pantera – percussões
Vitorino Salomé – acordeão
José Luís Simões – trombones de varas
Carlos Paredes – guitarra portuguesa
Arranjos e direcção musical – Fausto Bordalo Dias
Gravado nos Estúdios Rádio Triunfo, Lisboa
Técnico de som – José Manuel Fortes
Biografia e discografia em:
A Nossa Rádio
URL: http://www.adrianocorreiadeoliveira.com/
http://adriano.esenviseu.net/index.asp
http://www.myspace.com/adrianocorreiadeoliveira
http://pt.wikipedia.org/wiki/Adriano_Correia_de_Oliveira
http://www.infopedia.pt/$adriano-correia-de-oliveira
http://www.avintes.net/adriano.htm
http://www.artistas-espectaculos.com/discos/pt/adriano+correia+de+oliveira.htm
http://guedelhudos.blogspot.com/search/label/Adriano%20Correia%20de%20Oliveira
http://www.portaldofado.net/content/view/279/280/
http://fado.com/index.php?option=com_content&task=view&id=59&Itemid=67
http://deltagata.no.sapo.pt/adriano.html
http://adrianocorreiadeoliveira.blog.simplesnet.pt/
http://palcoprincipal.sapo.pt/bandasMain/adriano_correia_de_oliveira
http://cotonete.clix.pt/artistas/home.aspx?id=44
http://www.lastfm.pt/music/Adriano+Correia+de+Oliveira
Álvaro José Ferreira

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial