sábado, 21 de janeiro de 2012

Candidatura da Universidade de Coimbra a Património da Humanidade. Não se fala no Fado de Coimbra. Afinal este vai ou não junto? Se vai, está lá muito escondidinho para não fazer ondas, não vá atrapalhar!
Diário de Coimbra de hoje, com texto de Ana Margalho e foto de Carlos Araújo.

3 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Sobre o Fado de Coimbra (se preferirem Canção de Coimbra...), nem uma palavra! Temos todos de agradecer aos "artistas" que nos colocaram nesta lamentável situação. Proponho que se entreguem várias medalhas de latão aos ilustres iluminados...

21 de janeiro de 2012 às 20:47  
Anonymous Anónimo disse...

Aos ilustres melhores da rua de cada um, parabéns!

É um orgulho estar o Fado/Canção/Coisa de Coimbra separado/a do Fado de Lisboa...são tão diferentes, tão dispares que tem de ser assim! Coimbra só em Coimbra! Nunca pode ser objectivo de uma candidatura a qualquer coisa da humanidade porque é só de Coimbra! É de lá e de mais lado nenhum! Nem da Figueira da foz, nem de Lisboa, Nem do Porto, Nem de Portugal! É de Coimbra e mais nada. Parabéns aos intervenientes!

22 de janeiro de 2012 às 12:14  
Anonymous Anónimo disse...

"Orgulhosamente sós!!!"
Por mais voltas que isto dê, lá voltamos aos primórdios! E amaldiçoaremos sempre todas as intrometidas inovações e os atrevidos e demoníacos instrumentos que teimam em se imiscuir com as divinas e angelicais guitarras e violas...Vade retro!!!

22 de janeiro de 2012 às 14:46  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial