domingo, 9 de setembro de 2012

Estive no Funchal em férias, como aliás faço anualmente por motivos familiares e eis que desta vez tive uma surpresa quando passei pela rua dos Murças. Como sabe, trata-se da rua onde nasceu e viveu na sua juventude o Dr. Edmundo de Bettencourt.
A casa no nº 49, antes fechada e semi-abandonada, tinha uma plaquinha alusiva ao facto de lá ter nascido e vivido o ilustre Bettencourt. Acontece que num dos muitos actos de - suposta - reabilitação urbana, a casa, assim como a casa ao lado, foram, ao que me parece, demolidas, aproveitando-se o espaço de ambas para criar uma espécie de edificio de escritórios. 
Talvez noutro país de memória mais lúcida para com os seus mais ilustres cidadãos, a casa fosse um museu ou outro tipo de local de promoção de cultura. Aqui deu-se o típico exemplo do desleixo das autoridades e o rapinanço dos especuladores imobiliários. Neste momento o que existe, no agora número 53 é o que a foto mostra. Do Bettencourt não restou nem a tal plaquinha alusiva à sua passagem por aquele local. Ao que me parece, Bettencourt era pouco dado a "aparecer". O destino fez-lhe a vontade todos estes anos depois. Agora, para se saber da sua passagem por aquelas bandas, só mesmo lendo "No rasto de Edmundo Bettencourt", livro do Dr. António Manuel Nunes, que nunca tanto fez juz ao título.

Jorge Machado

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial